A Black Friday é uma época muito aguardada por varejistas de todo o país. Milhares de consumidores esperam ansiosamente durante todo o ano, o momento que finalmente irão adquirir aqueles produtos desejados; por um valor mais baixo. De acordo com dados do Adobe Analytics, em 2020 as compras online tiveram um aumento de 22% em relação ao ano anterior, o que corresponde a mais de 9 bilhões de dólares.

Esse aumento pode ser explicado pela mudança nos hábitos de consumo durante a pandemia. Milhares de pessoas aderiram ao e-commerce pela primeira vez e as que já estavam familiarizadas com os aplicativos e sites de compras, mantiveram o costume.

No entanto, essa data também é um atrativo e tanto para os cibercriminosos. Segundo informações da União Internacional de Telecomunicações, o ano de 2020 também ficou marcado pelo alto índice de ataques cibernéticos, estimados em 1 trilhão de dólares. Os golpistas aproveitam o fato de que mais pessoas estão abraçando as lojas virtuais; para tirar proveito de empresas e seus clientes, devido ao grande fluxo de dados.

Considerando o avanço tecnológico e as diversas ferramentas disponíveis no meio digital, é fácil imaginar que os métodos dos criminosos também são bastante evoluídos. Levando isso em consideração, é necessário frisar que a preocupação com a proteção de dados deve começar antes mesmo que o famoso dia de promoções inicie.

A maneira como as empresas se preparam para lidar com o fluxo de acesso e dados, dita o nível de confiança de seus clientes. Isso significa que a atenção não deve estar voltada apenas a diminuição dos preços dos produtos, como forma de atrair compradores, mas também em como os dados dessas pessoas estão sendo administrados pelas instituições.

As empresas não querem perder horas ou até o dia inteiro com um site fora do ar por conta de um ataque Ransomware ou DDoS, principalmente em um dia tão importante como a Black Friday. Por isso, investir em soluções de segurança é extremamente necessário para evitar prejuízos.

Além de garantir a organização e o bom funcionamento dos negócios, cuidar da estrutura garante a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que assegura a integridade dos dados pessoais dos clientes, essencial durante a Black Friday, que pode ser estendida por mais de um dia, algo muito comum no Brasil.

Protection Pack é um Next Generation Firewall completo, com recursos que oferecem camadas de proteção, que vão desde um Endpoint até uma ferramenta mais robusta contra Ransomware, por exemplo. Essas camadas garantem que nenhuma atividade suspeita consiga ter acesso ao ambiente digital e fazem total diferença na gestão dos dados e informações confidenciais que circulam nas empresas.

O serviço também possui um canal direto com os laboratórios de riscos; localizados em países como a Inglaterra, Alemanha, Holanda, Canadá e Estados Unidos. Por isso, quando uma nova ameaça é detectada e o serviço não encontra uma maneira de defesa, sua inteligência artificial manda um relatório aos laboratórios, que no mesmo instante enviam uma resposta com a resolução do problema. Essa vantagem oferece as empresas, a garantia de que os seus canais de vendas estarão seguros e funcionando perfeitamente bem durante o dia de promoções

Se interessou por esse serviço? Saiba mais sobre o Protection Pack e solicite um orçamento!